Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Tese defendida por professor de Letras da Ufersa é indicada ao Prêmio Capes 2022

Reconhecimento 28 de abril de 2022. Visualizações: 208. Última modificação: 28/04/2022 21:46:20

Reprodução da sala virtual da defesa de tese de doutoramento do professor Fernando Cordeiro pela UFRN. Foto cedida/Arquivo pessoal

O professor Fernando da Silva Cordeiro, do Curso de Letras no Campus Caraúbas, teve sua tese de doutoramento selecionada para indicação ao Prêmio Capes de Teses – Edição 2022. Ele defendeu sua pesquisa em novembro de 2021, de forma retoma em virtude das medidas de enfrentamento à Covid-19, pelo Programa de Pós-graduação em Estudos da Linguagem – PpgEL da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN.

A escolha foi decidia por unanimidade em uma banca formada para avaliar as seis inscrições que pleiteavam a indicação para representar o Programa junto ao Prêmio, entre as 15 teses defendidas em 2021 no PpgEL. Com o título “NOMES EM -NTE SOB O VIÉS DIACRÔNICO: UMA ABORDAGEM FUNCIONAL CENTRADA NO USO”, o trabalho foi conduzido sob orientação do professor doutor Edvaldo Balduíno Bispo.

Em resumo, a tese do professor doutor Fernando Cordeiro trata de substantivos e adjetivos formados pela junção do sufixo “–nte”, e seus achados contribuem significativamente para entender a formação de palavras no português. Conforme destaca o autor do trabalho, a “tese defendida é a de que esse padrão de formação de palavras instancia um pareamento de forma e função e que os usos em “–nte” exibem uma trajetória multidirecional de mudança linguística do particípio presente em categorias nominais e que a flutuação categorial observada entre substantivos e adjetivos em “–nte” é motivada por projeções metonímicas”.

Fernando Cordeiro foi nomeado para o cargo de professor da Ufersa em novembro de 2017, coincidentemente, durante a fase de seleção para o doutorado. Em sua avaliação, a trajetória com este objeto de pesquisa é um dos motivos que deve ter contribuído para a indicação. “O fato de ser um trabalho que já desenvolvo desde a Iniciação Científica, essa pesquisa, o mesmo projeto de estudo, certamente, conta bastante”. Na ata de defesa do doutorado há ainda menção a “originalidade do trabalho e a contribuição para os estudos morfológicos, sobretudo os desenvolvidos em perspectiva funcional-construcionista”.

Os vencedores do Prêmio Capes de Teses – Edição 2022 deverão ser revelados em agostos deste ano, conforme as indicações nas mais variadas áreas do conhecimento.

A íntegra da tese está disponível AQUI no Repositório Institucional da UFRN;

A ata com a indicação da tese pode ser conferida AQUI na página do Programa.

Professor Fernando Cordeiro defendeu sua tese de forma remota em virtude das medidas de enfrentamento à Covid-19. Foto cedida/Arquivo pessoal

 

%d blogueiros gostam disto: