Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Ufersa ganha Núcleo de Capacitação Tecnológica em Apicultura na Fazenda Experimental

Pesquisa 20 de janeiro de 2022. Visualizações: 408. Última modificação: 21/01/2022 13:08:35

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido ganha um Núcleo de Capacitação Tecnológica em Apicultura – NCTA. O novo prédio, instalado na Fazenda Experimental Rafael Fernandes, é para o apoio administrativo e financeiro. A inauguração vai acontecer nessa sexta-feira, 21, às 8h da manhã, na Fazenda Experimental, localizada na Zona Rural de Alagoinha. O NCTA é ligado ao Centro de Ciências Agrárias da Universidade.

O espaço físico conta com bloco didático, voltado a cursos, pesquisas, serviços de extensão, capacitações, orientações e assistência técnica a apicultores potiguares nas atividades específicas da área de Apicultura, além de equipamentos científicos voltados para apicultura.

O prédio do CCTA funcionará como um núcleo avançado de pesquisa e difusão de tecnologia na área de apicultura da Ufersa, com o objetivo de apoiar e possibilitar aos apicultores potiguares da Região Oeste do RN no aprimoramento de seus conhecimentos sobre as metodologias modernas da apicultura, para permitir uma melhor competição no agronegócio apícola nacional e internacional e incremento da exportação dos produtos das abelhas.

Também é objetivo do Núcleo fornecer assistência técnicas aos apicultores do Estado nas diversas áreas da apicultura (patologia apícola, manejo, comercialização, embalagem, legislação apícola, seleção e melhoramento de rainhas, processamento de cera moldada etc ) e aprendizado de metodologias modernas que atendam o exigente mercado apícola nacional e internacional. O projeto representa investimento na ordem de R$ 1,5 milhão.

A solenidade de inauguração será às 8h30, com a presença da reitora Ludimilla Oliveira e de pesquisadores da área e apicultores. À tarde. A partir das 14h30, será realizado o Workshop voltado para apicultores onde serão abordados os temas: Ações de manejo com abelhas africanizadas no semiárido (Rainhas, cera, alimentação); Legislação para meliponicultura: e agora como contribuiremos? E, Ações Educativas e Conservacionistas da ONG Bee Or Not To Be.

%d blogueiros gostam disto: