Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Formatura: vitória com muita superação

Estudante, Formatura 6 de dezembro de 2021. Visualizações: 628. Última modificação: 06/12/2021 15:33:33

Reitora da Ufersa, professora Ludimilla Oliveira, conduziu a solenidade que concedeu grau aos formandos 2021.1 da Ufersa/Foto: Rachel Amorim

A solenidade de Colação de Grau para 461 formandos das turmas 2021.1 da Universidade Federal Rural do Semi-Árido realizada na última sexta-feira, 03, no Hotel Vila Oeste, em Mossoró, representou para os concluintes muita superação. Devido à pandemia do novo Coronavírus, a solenidade aconteceu de forma híbrida. Para evitar aglomeração foi transmitida pela Plataforma Youtube da Universidade. Presencialmente, apenas os representantes da Instituição e um concluinte de cada curso, os demais formandos acompanharam a solenidade de casa. Reveja AQUI a solenidade e AQUI a relação dos concluintes em Engenharia Mecânica de Mossoró.

Representantes da turmas concluintes 2021.1/Foto: Rachel Amorim

Não são poucas as dificuldades enfrentadas pela maioria dos jovens que vislumbra um futuro melhor através da educação. Com a pandemia que se instalou no mundo há quase dois anos os obstáculos são ainda maiores. É o caso do concluinte Jorge Lopes Mesquita, do curso Tecnologia da Informação de Pau dos Ferros. Ele conta que venceu a doença e que participar da formatura representa muita superação e vitória.

“Há um ano quase fui vítima da Covid-19 quando tive muitas sequelas com uma pneumonia que comprometeu grande parte do meu sistema respiratório, depois um quadro de depressão que levou um tempo para voltar a normalidade”, conta. Jorge Mesquita descreveu o momento como de muita alegria. “Estou aqui comemorando não só a formatura, mas também a vida”, relatou emocionado o bacharel em Ciência da Informação que vai ingressar em Engenharia de Software.

Representantes das turmas concluintes 2021.1/Foto: Rachel Amorim

A formada Bruna Tainá Torres Lima, de Medicina Veterinária, também ressaltou a superação para a conclusão do curso e elogiou o esforço da Universidade para a realização da formatura. Segundo ela, o ensino remoto é muito diferente para quem se acostumou com o ambiente da sala de aula. “Foi difícil, mas a universidade conseguiu, da melhor forma possível, contornar a situação”, pontuou. Segundo Bruna com o ensino híbrido foi possível realizar a prática com todas as medidas de segurança de forma que os concluintes pudessem terminar o curso nesse cenário de pandemia. A meta da médica veterinária é ingressar no mercado de trabalho.

Concluintes recebem os diplomas/Foto: Rachel Amorim

Já Micaele Paiva Soares de Souza, concluinte de Ciência e Tecnologia de Caraúbas, ressaltou a importância de representar a turma na solenidade presencial. “Sabemos que todos os formandos gostariam de estar aqui nesse momento, mas infelizmente com a pandemia não foi possível. Sinto orgulho por representar meu campus e a minha turma”, expressou. A concluinte também falou sobre as dificuldades enfrentadas, principalmente, no acompanhamento das disciplinas técnicas. “Os professores se esforçam para que os conteúdos sejam assimilados da melhor forma possível”, ressaltou. Micaele diz estar pronta para ingressar no curso de Engenharia Mecânica, no Campus Caraúbas.

A concluinte Ana Luiza Veras de Souza, do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental, também lamentou a ausência dos demais formandos. “Um momento especial, mas também de tristeza pela não presença de todos os concluintes”, considerou. Ana Luiza diz que o foco agora é ingressar na pós-graduação na Ufersa.

Reitora concede Outorga de Grau aos formados/Foto: Rachel Amorim

SOLENIDADE – A reitora da Ufersa, professora Ludimilla Oliveira, conduziu a solenidade que concedeu grau aos formandos 2021.1 da Universidade Federal Rural do Semi-Árido. O ex-reitor, professor Josivan Barbosa, paraninfo das turmas, ressaltou para os concluintes o privilégio que é terminar um curso superior numa instituição de ensino federal. “Temos um sistema que é robusto e motivo de orgulho em qualquer parte do mundo”, ressaltou.

Professor Josivan Barbosa, Paraninfo das turmas/Foto: Rachel Amorim

Segundo o paraninfo, para cada 100 jovens, apenas 15 estão numa universidade federal. “No Brasil são apenas 63 universidades federais e vocês estão nesse time”, pontou. Ainda segundo o professor quando se trata da Região Nordeste o número cai para 18 universidades federais e, afunilando para o Rio Grande do Norte esse número cai para duas universidades, a Ufersa e a UFRN. “Essa formatura é um grande feito para vocês e também para os seus pais que são responsáveis diretos por essa conquista”, reforçou.

O ex-reitor também alertou aos estudantes o compromisso da reitora em melhorar a qualidade de ensino na Ufersa. “O embate não é bom para a instituição, consequentemente, não é bom para os jovens que precisam ingressar na Universidade”.

José de Arimatea, de Agronomia, orador das turmas concluintes/Foto: Rachel Amorim

Ao falar em nome dos demais formandos, o orador José de Arimatea de Freitas, ressaltou a formação adquirida que os possibilita alçar novos vôos. “Fechamos um ciclo com a certeza que colamos grau bem melhores de que quando iniciamos a nossa jornada”, pontuou. Para o orador, “devemos ser gratos por estarmos aqui, agradecemos aos nossos país […] a caminhada é a resposta, somos todos filhos do interior, filhos da cidade […] filhos de mães e pais que trabalham dia e noite por dias melhores”, discursou.

Representantes do Centros Acadêmicos/Foto: Rachel Amorim

Ao conceder a graduação, a reitora Ludimilla Oliveira parabenizou os formados por terem semeado, por meio da educação, o caminho para transformar a vida deles e dos familiares. Para a reitora, o tempo dará a resposta da importância do momento. “O amor a si mesmo será uma delas”. Outro segredo é sonhar e lutar pela conquista deles. “Sonhem com o que você quiser. Vá para onde você queira ir. Seja o que você quer ser. Possuímos apenas uma vida e nela somente temos uma chance de fazer o que queremos. Tenham felicidade bastante para fazê-la doce nas dificuldades, para fazê-la forte e, esperança suficiente para fazer a sua vida feliz”, aconselhou. A professora relatou ainda o trabalho da gestão para a conquista de novos cursos e novos campi.

A reitora também aproveitou o momento para homenagear a cerimonialista da instituição, Maria do Carmo Galdino, que encerra as atividades profissionais após completar 46 anos dedicados à instituição Esam/Ufersa como servidora efetiva. “Como servidora aposentada continuará dando a sua contribuição a nossa Universidade”, adiantou agradecendo a todos que fazem a Ufersa.

Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1
Colação de Grau 2021.1

%d blogueiros gostam disto: