Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Ufersa busca parceria com universidades israelenses

Gestão, Internacionalização 20 de outubro de 2021. Visualizações: 263. Última modificação: 20/10/2021 10:33:06

Equipe da Ufersa é recebida na Embaixada de Israel para discutir cooperações técnicas voltadas para troca de tecnologias com universidades israelenses/Fot: Cedida

O clima semiárido e a escassez hídrica são algumas das particularidades encontradas no semiárido brasileiro e no país de Israel, no Oriente Médio. Visando a troca de experiências, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido busca por meio da Embaixada de Israel parcerias com universidades daquele país. Nesta terça-feira, 19, a reitora da Ufersa, professora Ludimilla Oliveira, teve a segunda reunião na Embaixada de Israel, em Brasília, para tratar de cooperações técnicas entre as instituições universitárias. A professora foi recebida pelo embaixador, Daniel Zonshine.

Reitora da Ufersa, Ludimila Oliveira, com o embaixador de Israel, Daniel Zonshine/Foto: Cedida

Segundo a reitora, o embaixador Daniel Zonshine mostrou total interesse em intermediar os contatos com as universidades do país dele. “Na ocasião contextualizamos os projetos desenvolvidos na Ufersa que podem ser de grande interesse para Israel numa troca de tecnologias com ênfase para o estresse hídrico, a pouca pluviosidade, entre outras questões relacionadas à escassez de água”, pontuou a reitora.

A professora frisou ainda que as soluções encontradas por Israel para resolver a questão da falta d´agua podem ser adaptadas para a região do semiárido, bem como a Universidade ofertar tecnologias já desenvolvidas para a produção de frutas, por exemplo. “Israel tem interesse na produção de alimentos, em especial, a fruticultura, uma área que a Ufersa tem grande potencial com projetos que poderão ser aproveitados naquele país”, considerou. A ideia é que a formação dos convênios da Ufersa com as universidades israelenses sejam formatadas pela embaixada por meio de protocolos de intensões que serão encaminhados pela Ufersa. A Ufersa tem interesse de parcerias com as instituições: Universidade Hebraica de Jerusalém, Universidade de Tel-Aviv, Universidade de Haifa e a Universidade Bem-Gurion do Negev.

A reitora acredita que com essa parceria, a atual gestão da Ufersa terá no primeiro semestre do próximo do próximo ano, a sua primeira missão internacional, a ser agendada após a assinatura do primeiro protocolo de intenções a ser encaminhado pela Ufersa para Embaixada Israelense. A reitora disse ainda que a Universidade Federal Rural do Semi-Árido poderá receber em breve o embaixador, Daniel Zanshine, que virá conhecer o potencial da região. “Fizemos o convite para que ele venha visitar a Expofruit, a ser realizada em Mossoró no final do mês de novembro, para que o embaixador possa conhecer o potencial da fruticultura da nossa Região”, adiantou, apostando na oportunidade de transferir e trazer tecnologias de Israel.

%d blogueiros gostam disto: