Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Ufersa divulga Política de Segurança da Informação

Gestão 21 de julho de 2021. Visualizações: 256. Última modificação: 12/08/2021 10:49:14

Alex Velasco, da Sutic, alerta para importância da comunidade acadêmica conhecer a Política de Segurança da Informação/Foto: Eduardo Mendonça

Não tem sido rara a publicação de notícias sobre ataques criminosos aos bancos de dados das instituições públicas. Essa realidade também tem acometido as universidades e faculdades de todo país. Para prevenir o ataque de “cibercriminosos”, a Universidade Federal Rural do Semi-Árido, por meio da Superintendência de Tecnologia, Informação e Comunicação – Sutic –, divulga para  a comunidade acadêmica a Política de Segurança da Informação (PSI) implantada pela instituição em 2017. Conheça a PSI da Ufersa.

Segundo o diretor da Divisão de Segurança da Informação da Sutic, Alex José Velasco Nunes, a Política de Segurança da Informação é uma normativa necessária para a instituição uma vez que ataques à rede da Universidade poderão acarretar em prejuízos incalculáveis para toda a comunidade acadêmica. “Para termos uma ideia dessa importância, de acordo com o Relatório de Ameaças Cibernéticas da SonicWall em 2019, esse tipo de crime ultrapassou 187 milhões de ataques, o que é uma tendência preocupante para as instituições de ensino superior”, frisou.

Considerada como uma epidemia global, os ataques acontecem em todas as instituições de ensino superior o que acarreta prejuízos para o setor educacional, sendo esse um dos setores mais afetados. Desta forma, Alex Nunes, ratifica a necessidade urgente para a divulgação e conscientização da implantação da Política de Segurança da Informação.

“O principal objetivo, contudo, é minimizar riscos e diminuir a vulnerabilidade dos sistemas de dados. Sua importância se deve, principalmente, ao fato de a instituição ter meios não só de evitar, como também controlar mais efetivamente tudo o que acontece no acesso à sua rede e demais sistemas e plataformas tecnológicas, estando muito mais preparada para enfrentar ameaças e possíveis invasões”, alerta. Hoje os riscos são decorrentes de ameaças internas e externas.

A Política de Segurança da Informação não só regula os recursos que devem ser implementados pela área de tecnologia, mas também regula os procedimentos internos praticados pelas áreas de negócio. “A Sutic vai trabalhar junto a Assecom na divulgação da PSI. O primeiro passo será dar publicidade para que a comunidade ufersiana tenha conhecimento da mesma”, frisou Alex Velasco. Outras normas são necessárias e serão baseadas na NBR/ISO 27001.

%d blogueiros gostam disto: