Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Ufersa garante Bolsas Auxílio Digital para o semestre 2020.2

Assistência Estudantil, Estudante, Gestão 30 de dezembro de 2020. Visualizações: 899. Última modificação: 30/12/2020 17:46:41

A medida garante assistência para os estudantes em situação de vulnerabilidade social no semestre 2020.2/Foto: Assecom

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido, por meio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis – Proae – solicitou nesta quarta-feira, 30, empenho no valor superior a R$ 1,7 milhão para o pagamento de Bolsas Auxílio Inclusão Digital a partir do semestre 2020.2 nos quatro campi. “Com essa medida garantimos assistência para os estudantes em situação de vulnerabilidade social em todos os campi da Universidade”, adiantou a reitora da Ufersa, professora Ludimilla Oliveira.

O valor das bolsas, bem como as modalidades (equipamentos e internet), será divulgado em edital a ser publicado no início do semestre. Além do Auxílio Inclusão Digital, a Proae também garantirá assistência aos estudantes em outras bolsas e auxílios, principalmente àqueles que terão aulas práticas. “Nós estamos em constante diálogo com a Pró- Reitoria de Graduação para saber quantos alunos terão aulas práticas uma vez que a Universidade optou pelo sistema híbrido de aulas durante o referido semestre”, pontuou a reitora Ludimilla.

O quantitativo dos alunos com atividades presenciais só será conhecido após a conclusão da efetivação das matrículas. Porém, a equipe da Proae já está trabalha nessa perspectiva. “O que podemos garantir é que os estudantes terão sim assistência para que possam realizar suas atividades de maneira segura”, frisou a pró-reitora, Janaína Holanda, de Assistência Estudantil. A pró-reitora adianta que de setembro a dezembro, a Proae pagou cerca de 3,5 milhões em auxílios e bolsas.

“Estamos trabalhando na perspectiva de fazer um edital unificado e também com a possibilidade de reajustar o valor do auxílio para a compra de equipamentos. Estamos discutindo essas questões com os coordenadores da assistência estudantil dos campi porque trabalhamos de forma conjunta”, informou Janaína Holanda.