Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Professor da Ufersa assume diretoria na Secretaria de Aquicultura e Pesca

Corpo docente, Gestão, Reconhecimento 17 de novembro de 2020. Visualizações: 290. Última modificação: 17/11/2020 11:58:34

Professor da Ufersa, Alex Augusto, assume diretoria na SAP/MAPA, em Brasília/Foto: Cedida

Há mais de um ano em Brasília, o professor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, Alex Augusto Gonçalves, está cedido ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, exercendo as suas atividades na Secretaria de Aquicultura e Pesca (MAPA/SAP). Após ocupar diversas funções de coordenação e direção, o professor assumiu nesta terça-feira, 17, a diretoria do Departamento de Ordenamento e Desenvolvimento.

Alex Augusto explicou que a vinda dele para Brasília teve como principal objetivo aproximar o Governo Federal do Setor Produtivo (indústria pesqueira) e da Academia (universidades). “Essa aproximação e estreitamento de parcerias entre os principais elos será um grande avanço para podermos fazer uma nova gestão pesqueira nacional. Futuras parcerias com as instituições de pesquisa, com os armadores de pesca, certamente vão favorecer a organização do setor, o aprimoramento do ordenamento pesqueiro, e do desenvolvimento do setor pesqueiro”, afirmou o professor que é docente Associado II, do curso de Engenharia de Pesca da Ufersa.

Para o professor Alex Augusto o Rio Grande do Norte tem grande potencial pesqueiro e necessita de uma reorganização e de projetos para o melhoramento da cadeia produtiva. “Já temos um bom relacionamento com os parlamentares para futuros investimentos no Semiárido Nordestino, e precisamos alinhar futuras ações para tirar do papel e colocar em prática inovações para o setor produtivo”, adiantou.

O diretor também demonstrou interesse em contribuir para o incremento do curso de Engenharia de Pesca da Ufersa. “A vinda da reitora, a professora Ludimilla Oliveira, em Brasília, proporcionou essa discussão, e temos interesse em assinar um Acordo de Cooperação Técnica com a Ufersa visando futuras parcerias em projetos, e que possam ser financiados pela SAP/MAPA ou através de emendas parlamentares. Temos que aproveitar esses recursos que existem para o desenvolvimento da nossa região” disse, ratificando compromisso com a Ufersa.