Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Reitora recebe Grupo Ufersa para Cristo e pesquisador da Embrapa

Gestão 28 de outubro de 2020. Visualizações: 233. Última modificação: 28/10/2020 16:17:40

O Movimento Ufersa para Cristo, que toma conta da Capela da Ufersa,  existe há 23 anos tendo sido iniciado na época da Esam/Foto: Assecom

Responsáveis pela Capela localizada nas dependências da Universidade Federal Rural do Semi-Árido, integrantes do Movimento Ufersa para Cristo, fizeram uma visita à reitora, professora Ludimilla Oliveira. A comitiva entregou uma carta de boas vindas e votos de sucesso a gestão. Na ocasião, a professora Ludimilla Oliveira, assumiu o compromisso em apoiar o trabalho que é realizado na Capela da Ufersa.

“É trabalho importante e significativo que visa trabalhar a dimensão espiritual, a caridade e o respeito ao ser humano preservando a laicidade que o Estado merece”, considerou. A professora ressaltou ainda o comprometimento da atual gestão com os relevantes serviços prestados a comunidade ufersiana com missas, celebrações, casamentos, entre outros.

O movimento “Esam para Cristo”, hoje transformado em “Ufersa para Cristo” teve seu início em 1997. Em geral, são celebradas missas, adorações, estudos meditados e partilhados da Palavra com a participação de convidados fora do eixo acadêmico. A reunião com a reitora contou com a participação dos membros do Movimento Ufersa para Cristo: José Daniel, Iany Leda, Bruno e Pe. Ivonzelito e os professores da Ufersa, Padre Eder Jofre, Roberto Pordeus (vice-reitor) e, Daniel Silva, do Campus Pau dos Ferros.

Pesquisado, Jaeverson da Silva, tratou da permanência da Embrapa na Ufersa/Foto: Assecom

EMBRAPA – A reitora Ludimilla Oliveira também recebeu a visita do pesquisador da Embrapa, Jaeverson da Silva, que tratou sobre a permanência do Núcleo do Órgão na Ufersa. A Embrapa possui escritório nas dependências da Universidade, no prédio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura, no Campus Leste, em Mossoró.

Segundo a reitora, a base da Embrapa é de grande importância para Universidade na assistência técnica a projetos. “Temos o interesse de receber mais pesquisadores da Embrapa, inclusive, estendendo a atuação do órgão para a Fazenda Experimental Rafael Fernandes ampliando, desta forma, a sua atuação na Universidade”, considerou.