Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Engenharia Civil de Pau dos Ferros recebe conceito 4 em Avaliação do MEC

Comemoração, Destaques, Graduação 31 de outubro de 2017. Visualizações: 2165. Última modificação: 31/10/2017 12:08:33

O curso de Engenharia Civil do Campus Pau dos Ferros da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) recebeu conceito 4, numa escala de 1 a 5, do Ministério da Educação (MEC). Na avaliação, realizada no período de 15 a 18 de outubro, foram analisadas as dimensões Organização Didático-Pedagógica, Corpo Docente e Infraestrutura. Essa foi a primeira avaliação do curso de Engenharia Civil do Centro Multidisciplinar Pau dos Ferros (CMPF).

Segundo relatório emitido pela comissão do MEC, em relação à dimensão que abrange a Organização Didático-Pedagógica do curso, os avaliadores relataram que o Projeto Pedagógico de Curso (PPC) está muito bem construído, contemplando todas as demandas de natureza econômica, social, cultural, política e ambiental e que as políticas institucionais de ensino, pesquisa e extensão estão muito bem institucionalizadas no âmbito do curso, cumprindo com as propostas delineadas na sua missão institucional. O relatório também conclui que os objetivos do curso se mostram factíveis e adequados a proposta do curso, que visa formar Engenheiros Civis capacitados a atender às diferentes solicitações profissionais da sociedade e do mercado local e nacional.

Em relação às dimensões que compreendem o Corpo Docente e a Infraestrutura do curso, os avaliadores constataram que o colegiado do curso está muito bem institucionalizado e que 100% dos docentes têm titulação obtida em programas de pós-graduação stricto sensu, visto que o corpo docente do Curso de Engenharia Civil é constituído por 31 docentes, sendo 13 mestres (41,94%) e 18 doutores (58,06%). As salas de aula são equipadas com mobiliário adequado e os aspectos de limpeza, iluminação, acústica, acessibilidade, conservação e comodidade também foram muito bem avaliados, bem como o número de alunos por turma para o curso, já que o campus dispõe de 20 salas sendo 10 com espaço para 60 ocupantes na fase inicial do curso de Engenharia Civil pelo Bacharelado de Ciência e Tecnologia (BCT) e 10 salas com espaço para 30 ocupantes para a 2ª fase específica da Engenharia Civil. Quanto aos laboratórios ou outros meios implantados de acesso à informática para o curso, foi constatado que os mesmos atendem muito bem às necessidades do curso, em função do número de alunos que são de 20 por turma de laboratório.

O acervo da bibliografia básica está disponível na proporção média de um exemplar físico ou virtual para a faixa de menos de 6 vagas anuais autorizadas, de cada uma das unidades curriculares que utiliza conjuntamente com o curso de Engenharia Ambiental e Sanitária no mesmo Campus, além de estar informatizado e tombado junto ao patrimônio da IES. Além disso, constatou-se que o acervo da bibliografia complementar possui 5 títulos por unidade curricular, com 2 exemplares no mínimo de cada título ou com acesso virtual e que a assinatura/acesso de periódicos especializados, indexados e correntes, sob a forma impressa ou virtual, situa-se na faixa maior ou igual maior a 20 títulos distribuídos entre as principais áreas do curso, a maioria deles com acervo atualizado em relação aos últimos 3 anos.

Segundo o coordenador da Engenharia Civil de Pau dos Ferros, o professor Rogério de Jesus Santos, após a excelente avaliação, o próximo passo do curso será prosseguir buscando unir a teoria à prática e qualificar ao máximo os discentes para o mercado de trabalho, bem como intensificar a formação e atuação de grupos de pesquisas e projetos de extensão. “O Engenheiro Civil não trabalha para ele e sim para a sociedade. É um profissional que trabalha para o social e que nunca pode parar de estudar e de se aperfeiçoar para que possa acompanhar as novas tendências, ficando sempre preparado para as mudanças sociais que venham acontecer”, ressalta o coordenador, que também enalteceu a atuação do vice-coordenador do curso, professor Wesley de Oliveira, dos professores Adelson Menezes, Adla Kellen, Alisson Gadelha, José Daniel Jales, Marília Santiago, Matheus Fernandes, Paulo Henrique e Leonardo Henrique, dos discentes do curso e dos professores do curso de Ciência e Tecnologia, que não mediram esforços para auxiliar e orientar durante o processo avaliativo. O professor ainda agradece a Direção do Campus Pau dos Ferros, a Secretária das Coordenações, o Setor de Infraestrutura, o Protoloco, o Recursos Humanos, o Setor Pedagógico, o Almoxarifado, o Transporte e os terceirizados pelo empenho no processo.

O Curso de Engenharia Civil do Centro Muldisciplinar de Pau dos Ferros foi criado juntamente com o Campus em 2012, como um curso de Segundo ciclo. A primeira turma teve início no ano de 2015, contando com 10 professores, 92 discentes (contabilizando do 7º ao 10º semestre). Anualmente, são ofertadas 60 vagas, sendo 30 vagas por semestre. O curso disponibiliza para seus alunos os laboratórios de Química Geral e Química Aplicada à Engenharia; Física Mecânica Clássica, Ondas e Termodinâmica, Eletricidade, Magnetismo e Eletrotécnica; Laboratório de Tecnologias Civil de Materiais de Construção Civil, Mecânica dos Solos e Topografia; Sala de Desenho Técnico. Todos os laboratórios didáticos especializados do curso são utilizados tanto para atividades de pesquisa, extensão, para os serviços da Empresa Júnior “Pirâmides Soluções em Topografia e Projetos”, bem como para ministrar aulas práticas.

Saiba mais sobre Curso de Engenharia Civil em: https://engcivilpaudosferros.ufersa.edu.br/apresentacao/