Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Comunicação

Equipe Caraubajas representa a UFERSA em competição nacional

Estudante, Reconhecimento 20 de abril de 2022. Visualizações: 187. Última modificação: 25/04/2022 10:09:36

 

Equipe Caraubajas, servidores da UFERSA e a reitora da instituição, Ludimilla Oliveira, na solenidade de lançamento da nova versão do veículo, dia 13 de abril, no campus de Caraúbas (foto: Divulgação)

Mais de 2.700 quilômetros separam Mossoró de São José dos Campos, em São Paulo. Ainda assim, é nessa cidade paulista que doze estudantes da UFERSA passarão os próximos dias em uma competição apaixonante: a etapa nacional da BAJA SAE Brasil, que em 2022 chega à 27ª edição.

A possibilidade de voltar a uma competição depois de dois anos de pandemia torna o evento ainda mais emocionante e coloca uma pressão extra nas equipes participantes. “Se antes nós tínhamos até um ano de laboratório, dessa vez tivemos que concluir todos os testes em cerca de três meses”, detalha Julia Pliscia da Silva Mo, integrante da equipe Caraubajas SAE, criada em 2015 no campus de Caraúbas da UFERSA.

Equipe Caraubajas rumo à São José dos Campos (SP), onde será realizada a 27ª Competição Baja SAE Brasil (foto: Divulgação)

Em São José dos Campos, 68 equipes de todo o país irão competir entre os dias 20 e 24 de abril. Os carros precisarão passar por inspeções que irão avaliar critérios como segurança, aceleração, velocidade, tração e resistência. “Nossa equipe vem trabalhando nos últimos meses já com foco nesta competição”, diz o professor Diego David Silva Diniz, coorientador da Caraubajas.

O lançamento do carro que será utilizado pela equipe ao longo do ano ocorreu no dia 13 de abril no campus de Caraúbas. “Foi um momento de realização e de alegria, de poder estarmos de fato concretizando um sonho que foi sonhado pelos estudantes”, diz a professora Simone Rocha, diretora do campus. “Além de ser um evento importante, esse momento de apresentação do carro é também um movimento de ensino, de pesquisa, de extensão… e sobretudo de estímulo aos nossos estudantes que puderam fazer essa apresentação para a comunidade acadêmica”.

Julia Pliscia se dedicou ao projeto nos últimos meses ao lado de colegas dos cursos de Ciência e Tecnologia, Engenharia Civil e Engenharia Mecânica. Para ela, estar na equipe Caraubajas significa ter a oportunidade de vivenciar experiências que só o curso regular não proporcionaria. “Já no primeiro dia de laboratório, eu não sei explicar, um novo mundo se abriu pra mim”, conta. “Na Caraubajas nós trabalhamos como se estivéssemos de fato em uma empresa. Todo o comportamento, o respeito e a hierarquia são valorizados da melhor forma possível, porque aprendemos entre amigos. É uma oportunidade única que não vamos ter depois que entrarmos no mercado de trabalho”.

 

Momento de apresentação da versão 2022 do carro de competição da equipe Caraubajas (foto: Divulgação)